Crescimento Pessoal: 7 Maneiras de Estar Preparado Para Tudo

Crescimento Pessoal: 7 Maneiras de Estar Preparado Para Tudo


Existem várias maneiras de se preparar com crescimento pessoal com foco no que pode acontecer na sua vida: um projeto difícil do trabalho, uma crise, a perda de um ente querido, uma discussão com seu parceiro de vida ou mesmo um apocalipse zumbi.

Uma maneira de fazer isso é ter tudo pronto para o que quer que aconteça: equipamentos de sobrevivência, suas habilidades pessoais, planejamento do seus projetos de trabalho, deixar tudo em ordem e assim por diante.

O problema é que você não sabe o que está por vir e pode acabar passando a sua vida inteira se preparando para várias coisas e nunca estar verdadeiramente pronto. E quem quer passar a vida inteira apenas se preparando?

Mas há uma forma mais eficiente de se preparar: crescimento pessoal ao aprender habilidades que você poderá usar independentemente do que aconteça.

Este é o kit de sobrevivência para a vida. Isto é crescimento pessoal.

Em primeiro lugar, saiba que você não pode se preparar para qualquer coisa futura por que o próprio futuro é incerto. Em vez disso, saiba que os eventos externos são apenas detalhes… o real, o importante, é se preparar para como você reagirá internamente. O importante é a sua capacidade de absorver e lidar internamente com os eventos externos.

Em segundo lugar, um pouco de preparação: enquanto que os detalhes externos não são tão importantes comparados a como você lida internamente, ainda assim é importante ter a casa em ordem o tanto quanto for possível. Isso significa ter suas finanças em ordem: sem dívidas ou, pelo menos, ter dívidas controladas, ter um fundo de emergência, gastar menos do que se ganha, poupar e investir o tanto quanto você puder. Isso significa simplificar suas posses, os bens materiais, e seu tempo. Ainda mais importante é ter a saúde em ordem: comer mais alimentos integrais (principalmente vegetais) e menos alimentos processados??, manter-se ativo e não sedentário. Estando bem de saúde física e financeira, o resto fica muito mais fácil.

O kit para o crescimento pessoal:

1. Desenvolver a atenção plena

A atenção plena é a fundação: a capacidade de se atentar ao presente, ao momento, sem as distorções das emoções e percepções. Sem praticar a atenção plena você não será capaz de fazer as outras habilidades regularmente o suficiente para que elas possam ser úteis. Você pode praticar a atenção plena simplesmente meditando: tenha foco somente em sua respiração por alguns minutos todas as manhãs, para começar. À medida que você melhorar a sua capacidade de atenção plena, você irá perceber o que acontece dentro de si ao se deparar com um evento externo.

Se alguém está gritando com você, por exemplo, você pode estar consciente das reações do seu corpo naquele momento e notar um aumento dos batimentos cardíacos, um sentimento de pânico em seu peito, seu rosto ficando vermelho ou algo parecido. A atenção plena do seu corpo pode alertá-lo para o que pode estar acontecendo em sua mente.

2. Observar a sua reação interna

À medida que você começar a perceber as reações da sua mente para eventos externos, você pode começar a orientar a sua reação interna. Se você assumir um grande projeto repentinamente, por exemplo, você pode notar sua respiração ficando acelerada, coração disparado… e então perceber que está extremamente preocupado com isso. Você pode, então, examinar as reações da mente (ansiedade, medo) e decidir como agir, em vez de ser controlado por tais sentimentos ruins.

3. Perceber e dar valor ao que é importante

Quando você tem um sentimento difícil como ansiedade, raiva, ressentimento ou medo, sempre há algo que está ligado ao que está causando o sentimento. Pode ser difícil de detectar exatamente qual é este gatilho no início, mas com a prática você poderá fazer isso em um segundo. Por exemplo, talvez alguém tenha dito algo maldoso para você. Você pode ficar com raiva por que ninguém deve te tratar desta forma. Mas não importa se você está certo ou errado. A partir do momento que você cria expectativas (“Ninguém pode falar mal de mim!”), você está distorcendo a realidade e se importando com o que fazem, gerando raiva e decepção. Perceber o que é importante é fundamental.

4. Desapegar

É impossível não se apegar a certos ideais… mas se você perceber que este ideal está lhe causando dor, você deve ser compassivo consigo mesmo e se desapegar. É claro que as pessoas deveriam te tratar bem, mas este é um ideal que nem sempre vai ser verdadeiro. Deixar de lado este ideal significa aceitar a realidade de que as pessoas tem comportamentos amplos e diferentes e que não estão sob nosso controle. O homem nem sempre age de forma ideal. Precisamos aceitar e não transformar um ideal em realidade.

5. Reagir apropriadamente

Aceitar a realidade não significa ficar inerte à vida. Significa deixar de lado os ideais que causam sofrimento e então reagir sem raiva, frustração, ansiedade e ressentimento. Reagir a uma pessoa ou situação com raiva ou ressentimento não costuma resultar em uma reação mais apropriada, pelo contrário. Se você conseguir deixar de lado o ideal e os sentimentos dolorosos que o acompanham, você pode reagir de forma mais apropriada. Quando meu filho quebra um prato, por exemplo, eu posso ficar com raiva e gritar (não apropriado) ou posso deixar de lado o ideal e a raiva resultante e ver se a criança está bem e em seguida, com calma e com compaixão falar sobre a forma de evitar que isso se repita. Esta é uma reação mais apropriada. Quando reagimos com raiva ou frustração, tendemos a apenas agravar o problema. Reagir com calma e com compaixão significa que nós vamos ser capazes de lidar com qualquer coisa que está na nossa frente.

6. Concentrar no momento

Nós conseguimos deixar situações ruins ainda piores quando a repetimos na nossa mente ou quando pensamos em todas as coisas que podem dar errado no futuro, ainda que no presente momento esteja tudo bem. Precisamos nos vigiar e estar atento a quando nossa mente fica presa no passado ou especulando sobre o futuro e voltar ao presente o tanto quanto pudermos.

7. Agradecer e aceitar o momento como ele é

A realidade pode ser ruim, se pensarmos que ela poderia ser diferente… ou podemos aceitar a realidade como ela é e ser grato por isso. Isto requer prática, muita prática, porque é difícil de ser grato quando você sente que está sendo mal tratado, ou se você perdeu um emprego, ou se perdeu um ente querido ou se está lutando contra uma doença. Mas esta é a realidade que você tem, não o ideal que você gostaria de ter. E é uma realidade que contém uma beleza sim, se assim a enxergarmos. Esta habilidade nos deixa muito mais em paz e apto a enfrentar o que temos que enfrentar.

Pode parecer muito simplista dizer que este kit de crescimento pessoal vai nos ajudar a estar preparado para qualquer situação, mas não há nada de errado em simplificar as coisas. Nem que seja somente para nos ajudar a ter foco no que realmente importa.

Na minha experiência, estas habilidades de crescimento pessoal importam. Elas fazem uma diferença enorme. Pratique-as e perceba como você conseguirá enfrentar a vida de uma maneira totalmente nova. Positivamente nova.

Leia também no Viva mais verde: