30 coisas para você começar a fazer por você mesmo – Parte 1

Viver melhor
Viver melhor

30 coisas para você começar a fazer por você mesmo – Parte 1
Por Marc Chernoff.

Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.
Chico Xavier

Com a correria dos dias atuais, temos hora para tudo, prazos preenchendo nossos minutos, trabalho, escola, família, amigos, filhos, compromissos sociais e uma série de infinitas atividades surgem dia após dia, quase sempre deixando um raro espaço para que possamos dedicar um tempo a nós mesmos.

Dificilmente paramos para avaliar a nossa vida sob outra perspectiva: “o que estou fazendo certo?” “O que estou fazendo errado?” “Como posso remanejar meus compromissos para sobrar mais tempo para o meu cuidado pessoal?” E, muito importante: “Como posso viver melhor?”

Sim, as mudanças em nossas vidas devem ser constantes. Caso contrário, podemos ficar estagnados e, ao invés de ir em busca do que almejamos, acabamos por ficar acomodados em uma vida sem expectativas. A todo momento podemos mudar. A todo momento podemos ser autores de uma mudança, sempre para melhor, em nossa vida. Tudo, a todo instante, pode ser readequado, modificado, aprimorado, é só a gente querer e se dedicar a isso.

Chico Xavier disse: “Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim”. Portanto, a qualquer momento, podemos avaliar de verdade a nossa vida, buscarmos saber e conhecer o que realmente gostamos de fazer e o que nos faz feliz, e ir em busca disso. Seja modificando pequenas atitudes no dia a dia, seja optando por um ou outro compromisso e não querer abraçar tudo, seja entendendo os nossos limites, etc.

Há muitas coisas, pequenas e simples, que podemos começar a praticar que farão toda a diferença para mudar o sentido e o rumo das nossas vidas. Preparamos 30 dicas valiosas que podem ajudar você a ir em busca de uma vida melhor, separadas em uma série de 3 posts. Confira as primeiras 10 dicas:

1. Passe mais tempo com quem você gosta.

Por mais que você possa ser rodeado de amigos, colegas, membros da família, etc, há aquelas pessoas que realmente você gosta de estar junto, que possuem uma companhia agradável e que mudam o seu dia, fazendo-o mais feliz. Pessoas essas que possuem esse sentimento de forma recíproca, demonstrando que gostam da sua companhia da mesma forma. Essas são as pessoas que fazem o seu dia valer a pena, que modificam o seu humor para melhor e que fazem com que os problemas sejam colocados em segundo plano.

Aliás, essa companhia pode não ser de uma pessoa, e sim vim em um formato peludo e de 4 patas – o seu querido amigo, bichinho de estimação… Por que não? Portanto, saiba valorizar a presença das pessoas ou outros seres que realmente importam e que você realmente queira estar ao lado, incondicionalmente.

2. Enfrente seus problemas de cabeça erguida.

Não são os seus problemas que definem quem você é, mas sim a maneira como você reage a eles, enfrenta-os e aprende com eles. Os problemas não irão desaparecer nem irão se resolver a não ser que você tome uma atitude e decida enfrentá-los com postura. Faça o que você pode, quando pode, e reconheça o que você aprendeu após o problema ter passado. É tudo uma questão de ir passo por passo à sua maneira.

O tempo que irá levar não importa, o que importa é ir na direção certa.

3. Seja honesto com você mesmo com tudo.

Reconheça e seja honesto a respeito daquilo que é correto para você e o que é preciso para modificar algo que não está bem. Seja honesto e acredite naquilo que você realmente quer alcançar e quem você quer se tornar. Seja honesto, sempre, em todo e qualquer aspecto da sua vida, pois você é a única pessoa que você poderá contar para sempre, incondicionalmente, a todo instante.

Conheça a sua alma, saiba no que você acredita verdadeiramente, assim você irá saber quem você é de fato. Uma vez feito isso, você irá compreender melhor onde você está agora e como você chegou até esse momento, assim você estará mais preparado para identificar aonde você quer chegar e como chegar.

4. Comece a fazer da sua felicidade uma prioridade.

O que realmente importa é o que você quer e precisa. Se você não dá valor a quem você é e não cuida de você, você se autossabota. Apenas lembre-se, agir dessa maneira não é ser egoísta, pois é absolutamente possível cuidar de você mesmo enquanto você cuida das outras pessoas que você se importa também. E uma vez que você esteja feliz e satisfeito com a forma com que você cuida da sua vida, você vai se sentir mais capaz e com mais motivação a ajudar os outros também.

5. Seja você mesmo.

Tenha orgulho de ser quem você genuinamente é. Tentar ser outra pessoa ou ser como os outros gostariam que você fosse despende muita energia emocional e psicológica, trazendo para a sua vida infelicidade e desgosto. Seja você mesmo, ame a sua individualidade, as suas capacidades, a sua força e a sua beleza (principalmente a interior).

Quando for tentar ser algo além do que você já é, tente então ir em busca de mais conhecimento, mais humanidade, mais experiências, mas para tornar a sua vida melhor para você mesmo, e não para os outros. Se você quer ser uma pessoa melhor, seja! Mas por que você quer e não para agradar os outros. É duro, desgastante e absolutamente frustrante tentar ser outra pessoa a todo o momento.

Portanto, assuma a sua identidade… só assim você será feliz.

6. Viva no presente.

O passado já foi e o futuro não se sabe como será. Portanto, a única coisa que resta é viver no presente e o agora é um verdadeiro milagre. O agora é única coisa que importa, pois é a única garantia que você tem de estar vivendo. Não se martirize pelo que passou e não se preocupe com o que virá.

Muitos problemas que assolam a humanidade hoje decorrem disso: excesso de passado causa depressão, assim como excesso de futuro causa a ansiedade. E não é preciso passar por isso para saber como realmente é difícil viver assim. Aprecie as pequenas coisas, faça aquilo que está dentro das suas capacidades e não crie “pré ocupações” demais. A sua qualidade de vida agradecerá.

7. Valorize as lições que seus erros ensinaram a você.

Já ouviu dizer que “errar é humano”? Todo mundo erra, é normal. Somos humanos e a vida é uma constante experiência e nossa evolução, como pessoas e como humanidade, acontece quando aprendemos. E para aprender, é preciso também errar. Arrisque, ouse, vá em busca dos seus sonhos e projetos sem medo de errar, pois só assim você terá a garantia de que as coisas irão acontecer. Seja para o certo ou, se der errado, é um valioso indicativo para mudar a rota e seguir outro caminho.

Aprecie esses aprendizados e não gaste energia emocional e psicológica se punindo. Erre e seja sempre grato pelos seus erros, pois eles é que trouxeram até onde você está e fizeram a pessoa que você é. Punir-se pelos erros faz com que as pessoas tenham medo, e o medo imobiliza, fazendo com que as pessoas queiram parar de tentar.

Um dos maiores erros que você teme cometer pode ser exatamente aquele que irá te proporcionar a sua maior conquista.

8. Aproveite as coisas que você já tem.

Um dos maiores problemas atualmente é que as pessoas acham que só serão felizes quando alcançarem certo status, certos bens materiais, certo tamanho de casa ou certo modelo de carro. Infelizmente, leva um certo tempo até você alcançar esses objetivos, fazendo com que você trabalhe muito para conseguir isso e, nesse meio tempo, muitas coisas realmente importantes podem passar despercebidas.

E então, a sua vida será movida por esses objetivos de alcançar essas metas que não representam quem você realmente é, mas somente o que você tem ou deixa de ter. Ser feliz não significa ter isso ou aquilo, mas ser realmente grato e valorizar o que você já tem na sua vida. Dar mais valor à essência e não às aparências.

Experimente começar a agradecer pelas pequenas coisas da sua vida, como o travesseiro que você dorme toda noite, a água geladinha que você lava seu rosto pela manhã, a comida saborosa que você pode comer e, quando menos esperar, aquela ânsia de adquirir as coisas, puramente materiais, irá gradativamente desaparecendo, fazendo com que a vida fique mais leve, com menos pressão e, consequentemente, mais feliz.

9. Crie a sua própria felicidade.

Não são as pessoas ou as coisas que fazem você verdadeiramente feliz e sim como você se sente frente a elas. Não espere ter a pessoa certa a seu lado, a casa melhor, o carro do ano, para ser verdadeiramente feliz. Você pode ser feliz de verdade se você quiser, é só querer.

Seja a mudança que você quer ver na sua vida e tenha responsabilidade frente às suas condições. Se você aprender que não precisa depender de ninguém nem de nada para ser feliz, você terá descoberto a verdadeira felicidade. Felicidade é um estado de espírito e não um status, uma posse, uma condição exterior.

10. Dê chance às suas ideias e aos seus sonhos.

Na vida, raramente nos dedicamos a dar uma chance. Por causa da insegurança e do medo, muitas vezes deixamos as oportunidades passar ou engavetamos ideias e sonhos justamente por não darmos chance para que aconteçam. Nunca estaremos 100% certos acerca de nada, portanto arrisque, vá em frente e dê chance para aquilo que você verdadeiramente quer.

Não importa o que acontecerá, apenas acredite que o que acontecer será exatamente aquilo que era para acontecer. E nessa experiência, você jamais sairá perdendo, pois ou você terá sucesso ou você acabará com um grande aprendizado, deixando você mais forte para o próximo passo. Dê chance, pois só assim a vida acontece de verdade.

Caso você leu até aqui e está gostando e aproveitando o que foi dito, não deixe de ler a parte 2 e a parte 3 desta série!

Marc e Angel compartilham uma grande paixão de inspirar os outros a alcançar seu potencial. Eles criaram o seu blog com o objetivo de inspirar o maior número possível de pessoas e se dedicam diariamente a isto. A tradução e adaptação dos seus textos é uma iniciativa do Viva mais verde!

Bônus: Conheça o excelente curso Vida Equilibrada, por Juliana Goes

Um curso realmente completo que aborda e transforma todas as áreas da sua vida, é isso que você pode esperar do Curso Vida Equilibrada. Apresentado pela empresária, blogueira e jornalista, Juliana Goes, esse curso é o resultado de uma experiência pessoal e transformação real da apresentadora, através de ensinamentos vivenciados por profissionais de diversas áreas.

Juliana reuniu nesse curso as principais dicas em forma de temas, exercícios e atividades que você poderá desenvolver direto da sua casa para evoluir e melhorar no âmbito social, espiritual, profissional, de saúde física e mental. Se você busca resultados diferentes para a sua vida, o primeiro passo é fazer coisas diferentes, por isso acredite, embarque nessa experiência e permita-se conhecer essa pessoa maravilhosa que existe dentro de você!

 

Opt In Image
Saiba sempre quando houver um novo texto!

Assine nossa newsletter e mantenha-se atualizado com novos artigos que buscam melhorar as nossas vidas. Seu email jamais será divulgado. É prático, eficiente e seguro!