Meditação: Conheça 6 Grandes Benefícios no Equilíbrio dos Seus Hormônios

Meditação

Meditação: 6 Grandes Benefícios no Equilíbrio dos Seus Hormônios

Você já tentou ficar em pé em uma corda bamba? Para conseguir, requer uma pequena quantidade de movimentos curtos que te fazem não cair, nada mais.

Se a sua perna é muito comprida, talvez você precise usar o seu braço e, assim, para cada movimento do corpo, você tem uma reação correspondente que mantém você equilibrado e em pé.

Nossos corpos funcionam exatamente da mesma forma. Nossas células estão constantemente em regeneração, nossos sistemas corporais continuamente se adaptando às circunstâncias atuais. Nossos corpos foram desenhados para buscar o equilíbrio em todos os momentos e para nos fornecer a energia, vitalidade e resistência que precisamos a cada instante.

Por exemplo, pense no que acontece quando você entra em uma sauna. Nosso sistema de resfriamento natural, a transpiração, entra em ação para baixar a temperatura do corpo e mantê-lo refrescado. Se isso não acontecesse, nós rapidamente desmaiaríamos.

Mas o que acontece quando os nossos sistemas são sobrecarregados? O que acontece quando ficamos mais tempo do que devíamos no trabalho ou quando comemos desenfreadamente a todo instante?

Bem, nós ficamos estressados, não é mesmo? E ao longo do tempo, esse estresse crônico causa estragos em nossa saúde, especialmente quando se trata de nossos hormônios.

Aqui estão seis maneiras que a meditação pode ajudar a equilibrar seus hormônios e te fazer sentir muito bem, como deve ser:

1. Meditação mantém os níveis de cortisol e adrenalina adequados.

Se estivéssemos sendo perseguidos por um tigre, nosso corpo liberaria hormônios que provocam estresse como o cortisol e a  adrenalina para nos dar uma dose extra de força e velocidade. Esta reação de luta ou fuga é natural em nossos corpos para que possamos nos defender ou fugir de um possível perigo. Uma vez que o perigo tenha passado, os níveis destes hormônios deveriam voltar ao normal.

Mas hoje, essa mesma reação hormonal pode ser desencadeada por fatores diferentes e menos graves, como um alarme de carro, o nosso chefe nos passando um trabalho de última hora ou crianças gritando na cozinha.

Pode não haver nenhum animal comedor de gente por perto, mas existem inúmeras situações no mundo de hoje que vão te manter estimulado e despejar esses hormônios de estresse em seu sistema.

Quando isso acontece, a adrenalina trabalha para aumentar a sua frequência cardíaca e pressão arterial, enquanto o cortisol aumenta o açúcar em sua corrente sanguínea, diminui o seu sistema imunológico e interrompe a sua digestão. Isso tudo estressa o seu corpo e prejudica sua saúde.

Mas quando você medita, você diminui o cortisol e os níveis de adrenalina no seu corpo e normaliza a pressão arterial e a frequência cardíaca. É como o antídoto para o estresse do mundo moderno!

2. Meditação melhora o seu humor com a serotonina e oxitocina.

Meditação libera os hormônios que provocam boas sensações como a serotonina e oxitocina. A serotonina é responsável pela manutenção do equilíbrio do humor e é muito utilizado nos antidepressivos vendidos hoje em dia. Mas nossos corpos fabricam este hormônio por conta própria quando meditamos.

Oxitocina, também conhecido como o hormônio do amor, aumenta a nossa capacidade de se conectar com os outros, inclusive romance, e os níveis de empatia. Portanto, a meditação permite que você se sinta com mais amor e melhora o relacionamento com as pessoas em sua vida!

3. Meditação aumenta seus níveis de melatonina, ajudando você a dormir melhor.

A melatonina é um hormônio que controla os ciclos de sono e despertar. Seu corpo tem um relógio interno próprio que controla o quanto deste hormônio é produzido.

Quando estamos estressados, nossos níveis de melatonina diminuem. É por isso que é mais difícil dormir quando estamos estressados. Felizmente, podemos aumentar nossa produção de melatonina com a meditação e conseguir adormecer de forma mais rápida e natural.

4. Meditação melhora o foco e a concentração ao aumentar a dopamina.

A dopamina é um hormônio que ajuda a controlar os centros de recompensa e prazer do cérebro. Ele age como um filtro de informações que pode ajudar o nosso cérebro a se preparar para trabalhar ao máximo. A dopamina também melhora a nossa memória, nossa atenção e nossa capacidade de resolver problemas.

Se você quer melhorar esta área de sua vida, você pode ajudar seu corpo a aumentar os seus níveis de dopamina ao meditar regularmente.

5. Meditação mantém você jovem ao aumentar a desidroepiandrosterona.

Palavra complicada, né? Simplificando, este hormônio desempenha um papel importante no estresse e envelhecimento e quando você fica estressado, eles diminuem.

Não apenas esse hormônio ajuda a reduzir a inflamação e restaurar o corpo, mas também ajudar a reduzir o envelhecimento celular. Quando meditamos, nós liberamos hormônios que nos ajudam a combater os efeitos do estresse e a reduzir o risco de mortalidade precoce.

6. Meditação equilibra os hormônios sexuais.

Já notou como sua libido fica praticamente inexistente quando você está estressado? A última coisa em sua mente é uma noite íntima a dois. Isso porque seu corpo pensa que está em perigo (lembra-se que falamos do tigre no começo deste artigo?). Assim, nosso corpo sai do modo “procriação” para o modo “sobrevivência”. Ele acelera a produção de cortisol e muda a produção de hormônios sexuais. Meditação reduz os níveis de cortisol e você volta a ter desejo. Bom para você e para quem está com você.

Continue a leitura

Não pare por aqui. Continue a leitura sobre meditação e os grandes benefícios que ela poderá trazer à sua vida. Abaixo estão indicações dos livros mais vendidos sobre o assunto:

Fonte: 6 Ways You Can Use Meditation To Balance Your Hormones. A tradução e adaptação é uma iniciativa do Viva mais verde!

Opt In Image
Saiba sempre quando houver um novo texto!

Assine nossa newsletter e mantenha-se atualizado com novos artigos que buscam melhorar as nossas vidas. Seu email jamais será divulgado. É prático, eficiente e seguro!