ano novo

17 Formas De Ter Um Melhor Ano Novo

17 Formas De Ter Um Melhor Ano Novo
Por Jaimee Ratliff

Dentre todas as experiências deste ano, aprendemos novas lições sobre o que significa felicidade e como obtê-la.

Para muitos, todo final de ano significa rever o que aconteceu nos últimos 12 meses: machucados, corações partidos, verdades encontradas, olhares trocados e triunfos surpreendentes.

Novas portas de oportunidades se abriram, longos e cansativos capítulos terminaram, todos se tornaram um pouquinho mais velhos e muito mais curiosos sobre o caminho da vida e do amor próprio.

Então, aqui estão 17 formas de ter um melhor ano novo:

1. Cuide bem de si mesmo primeiro.

Se cuidar não é egoísmo. Você deve cuidar do seu próprio bem mental, físico, espiritual e emocional primeiro antes de tentar ajudar alguém.

É justamente como dizem os comissários de bordo antes de decolar em um avião: “Em caso de emergência, certifique-se de que sua máscara de oxigênio está funcionando corretamente antes de tentar ajudar os outros”.

2. Pare de esperar que as pessoas irão mudar para te agradar.

Raramente acontece. Quanto mais velhos ficamos, mais nos tornamos sólidos em nossos caminhos e crenças. Você não pode fazer outra pessoa mudar. Você simplesmente não pode. A pessoa tem que querer mudar e ficar melhor por conta própria.

3. Trabalhe para você mudar.

Pegue toda esta energia que você gasta tentando mudar os outros e mude a si mesmo. Observe como desafiador pode ser para você acabar com seus próprios maus hábitos.

4. Abrace todas as emoções.

Durante nosso crescimento, fomos ensinados que “adultos não choram”. Isso simplesmente não é verdade.

Temos que parar de nos envergonhar por ter dias difíceis. Temos que voltar a ser humanos novamente em vez de tentar evitar emoções naturais.

Todo sentimento que é o oposto da felicidade não tem que ser rotulado como desagradável. Esses sentimentos nos convidam a aprender mais sobre quem somos. Nas palavras de um dos meus professores de Yoga favoritos, “Não tenha medo de sentir.”

Dê um grande abraço no seu medo. Desafie-o. Faça amizade com os sentimentos que te deixam desconfortável. Encare-os.

5. Tenha e use seu próprio tempo.

Pare de deixar as pessoas apressar você através de seu processo de cura. Seu caminho de vida e tudo o que está tentando lhe ensinar não é uma corrida. Tome todo o tempo que você precisa para encontrar o caminho de casa, de volta para si mesmo. Talvez você não esteja pronto para “deixá-lo ir” hoje. Tudo bem.

6. Consuma com consciência.

Comida, amizade, diversão, tudo. Livre-se do lixo tóxico que não estimula a sua mente, corpo e espírito de uma forma saudável.

7. Desligue o telefone e aproveite o que está acontecendo agora.

Se você estiver na frente de uma fogueira com amigos, o tempo que você irá perder ao fotografar, aplicar filtro e publicar no Instagram provavelmente fará que o fogo tenha terminado. Pense nisso.

8. Aceite o fato de que o sangue sem sempre é mais espesso que a água.

Um amigo pode ser mais como uma família para você do que um parente verdadeiro. Cerque-se com aqueles que se deem a você tanto quanto você se dá a eles. Faça este ano novo o ano da reciprocidade. Corte aquilo que te prende ao chão.

9. Perdoe mesmo quando você foi injustiçado.

Liberte seu coração. Perdoe a si mesmo e à pessoa que o machucou. E continue vivendo com leveza e sem mágoas no coração.

14. Compreenda que todos têm sua própria percepção.

Todos nós processamos informações e situações de forma diferente. A forma como você interpreta como algo acontece é provavelmente muito diferente de como alguém vai experimentá-lo.

15. Perceba que as redes sociais não são a realidade.

Simplesmente não são. Muitas pessoas estão se esforçando para impressionar os outros e passar a impressão de uma vida perfeita nas redes sociais. Não acredite nisso. Todo mundo é humano. Todo mundo luta com alguma coisa. Todos tem seus problemas e dificuldades.

16. Nunca suponha que alguém já sabe como você se sente.

As pessoas não podem ler sua mente. Se você está sentindo algo, libere esse peso para fora de seu peito, seja transparente na medida do possível. Problemas não podem ser resolvidos a menos que haja uma comunicação envolvida.

17. Fique na sua própria pista.

Porque a maioria de nós tende a pensar que estamos qualificados para dizer a outra pessoa como eles devem ou não devem estar vivendo sua vida. Mesmo quando temos zero experiência com o assunto em questão. Mesmo quando não temos que viver com as decisões que estamos aconselhando alguém a fazer. Então ficamos chateados quando alguém não segue nosso conselho.

É hora de parar com isso.

Assine nossa Newsletter

Assine a nossa newsletter e faça parte dos nossos 860 assinantes. É prático, gratuito e seguro! Jamais compartilharemos seus dados : )