Mindfulness: 10 Minutos Por Dia de Atenção Plena Mudam Você Para Melhor

mindfulness atenção plena

Mindfulness: 10 Minutos Por Dia de Atenção Plena Mudam Você Para Melhor
Publicado originalmente na Harvard Business Review

Mindfulness é uma tradução para inglês da palavra Sati. Sati é definido como ‘a capacidade de se lembrar’ e a ideia é de estarmos conscientes do que se passa no nosso corpo, na nossa mente, nos nossos pensamentos e nas nossas emoções. Ou seja, de nos lembrarmos de prestar atenção, a ter consciência de nós próprios, a ter atenção plena. – Mikaela Övén

Líderes em todo o mundo sentem que o volume de trabalho sem precedentes da era moderna torna-os mais reativos às situações e menos proativos. A boa notícia é que existe uma solução para esse vício de postura reacionária: mindfulness (também conhecida em português como “atenção plena”).

Tendo treinado milhares de profissionais nas técnicas desta antiga prática, vimos repetidamente que uma abordagem constante à atenção pode ajudar as pessoas a criar um espaço mental de um segundo entre um evento ou estímulo e sua resposta a este evento ou estímulo.

Um segundo pode não parecer muito, mas pode ser a diferença entre tomar uma decisão apressada que leva ao fracasso e chegar a uma conclusão ponderada que leva a um melhor desempenho. É a diferença entre agir com raiva e aplicar a paciência devida. É ter um segundo de vantagem sobre sua própria mente, suas emoções, seu mundo.

Nossa pesquisa descobriu que um treinamento em mindfulness altera nossos cérebros e como nós nos envolvemos com nós mesmos, com outros e com nosso trabalho. Quando praticada e aplicada, a atenção plena altera fundamentalmente o sistema operacional da mente. Através da prática de atenção consciente repetida, a atividade cerebral é redirecionada de partes tradicionais do cérebro, incluindo o sistema límbico, para a parte mais nova e racional do cérebro, o córtex pré-frontal.

Desta forma, a prática de mindfulness diminui a atividade nas partes do cérebro responsáveis ??pelas reações de “lutar ou fugir” e de “reação por impulso” enquanto aumenta a atividade na parte do cérebro responsável pelo que é chamado de “funcionamento executivo”. Esta parte do cérebro e as habilidades de funcionamento executivo que ela suporta, é o centro de controle de nossos pensamentos, palavras e ações. É o centro de pensamento lógico e controle de impulso.

Simplificando, confiar mais no nosso funcionamento executivo nos coloca firmemente no banco do motorista de nossas mentes e, por consequência, das nossas vidas.

Um segundo pode ser a diferença entre alcançar os resultados desejados ou não. Um segundo é o suficiente para se tornar menos reativo e mais em sintonia com o momento. Nesse um segundo está a oportunidade de melhorar a maneira que você decide e dirige, a maneira que você se envolve e conduz. Essa é uma enorme vantagem para qualquer profissional em trabalhos estressantes e de alta pressão.

Aqui estão cinco dicas fáceis para ajudá-lo a tornar-se mais consciente:

1. Pratique 10 minutos de treinamento mindfulness todo dia.

A maioria das pessoas acha que as manhãs são o melhor momento para praticar a atenção plena, mas você pode praticar a qualquer hora do dia. Você pode encontrar na internet programas de treinamento com duração de 10 minutos, manuais de treinamento e até mesmo aplicativos específicos para a prática de mindfulness.

2. Evite ler e-mail ou acessar as redes sociais logo cedo.

Nossas mentes são geralmente mais focadas, criativas e expansivas na parte da manhã. Este é o momento ideal para produzir algo com foco, executar suas estratégias e seus planos e ter conversas importantes. Se você ler seu e-mail ou acessar as redes sociais assim que você se levantar, sua mente vai desviar e você vai condicioná-la a um estado de pensamento reativo.

Fazer do e-mail ou das redes sociais sua primeira tarefa do dia desperdiça a oportunidade de usar sua mente em seu pleno potencial. Tente esperar pelo menos 30 minutos, ou mesmo uma hora, depois de começar a produzir e a criar aquilo que é realmente importante para você.

3. Desative todas as notificações dos seus aparelhos.

Os alarmes de notificação no seu telefone, tablet e laptop são contribuidores significativos para o estado reativo da mente. Eles o mantém mentalmente ocupado e sob constante pressão, desencadeando respostas reacionárias. Eles causam mais danos do que efetivamente agregam valor.

Experimente o seguinte: durante uma semana, desative todas as notificações de e-mail em todos os aparelhos. Apenas crie o hábito de verificar seu e-mail uma vez a cada hora (ou o que não comprometa seu compromisso com o seu trabalho) e não verifique compulsivamente as mensagens.

4. Não seja multitarefa.

Fazer várias coisas ao mesmo tempo mantém sua mente cheia, ocupada e sob pressão. Faz você reagir somente. Tente manter o foco em uma única tarefa e observe o momento que sua mente começar a vagar para outra tarefa. Este é um sinal de que seu cérebro deseja se preocupar com várias coisas ao mesmo tempo, sem dar foco.

Quando isso acontecer, desligue mentalmente todas as tarefas que não são importantes e estão em seu pensamento, mantendo o foco na tarefa que você está executando agora.

5. Coloque-se em seu calendário.

Agende uma reunião com você mesmo a cada duas semanas para avaliar o quão bem você está fazendo as quatro dicas anteriores ou como um lembrete para ler novamente este artigo e atualizar sua memória. Se avaliar pode ser útil e motivador, além de promover uma reflexão interna e pessoal com foco no seu crescimento e evolução como pessoa.

Nós encorajamos você a realmente colocar em prática estas dicas. Embora o mindfulness não seja uma pílula mágica, ele irá ajudá-lo a responder melhor às situações diversas da vida e a fazer escolhas ponderadas em vez de ceder às decisões reacionárias.

Opt In Image
Saiba sempre quando houver um novo texto!

Assine nossa newsletter e mantenha-se atualizado com novos artigos que buscam melhorar as nossas vidas. Seu email jamais será divulgado. É prático, eficiente e seguro!