Sua Motivação: Este Hábito Comprovado Pela Ciência é o Segredo

Motivação
SplitShire (CC0 License)

Sua Motivação: Este Hábito Comprovado Pela Ciência é o Segredo
A neurociência descobriu uma fonte incrivelmente simples para uma motivação sem fim.
Por Ellen Kaplan

Normalmente, podemos fazer qualquer coisa que estiver com nosso foco. Mas às vezes parece que nossos cérebros ficam contra nós quando se trata de alcançar nossos objetivos.

Ideias de aprender uma nova habilidade, entrar em forma ou economizar dinheiro e começar um negócio, continuam sendo postergados na esperança de que o seu “futuro eu” vai lidar com isso um dia.

É um ciclo comportamental terrível. Na verdade, na psicologia, a procrastinação é classificada como uma forma de auto sabotagem.

Mas há boas notícias. Embora aprender a trabalhar sua motivação pode parecer difícil ou nebuloso, a solução é notavelmente simples, de acordo com a famosa revista Psychology Today (texto em inglês) e a neurociência cognitiva.

Em suas descobertas, um professor de psicologia da Universidade de Harvard, Ron Siegel, sugeriu que a chave para seguir com a motivação resume-se a colocar otimismo e diversão em qualquer ação que você tomar.

Isso soa um pouco piegas, certo? Afinal, entregar um trabalho ou fazer o imposto de renda não é exatamente divertido.

Embora este hábito pareça tudo menos científico, as razões neurológicas por trás dele não são.

De acordo com a pesquisa, a razão pela qual postergamos e procrastinamos nossas ambições está em nossa psicologia primordial:

Nossos cérebros modernos ainda estão conectados para o antigo propósito evolucionário de sobreviver em um ambiente perigoso. Um milhão de anos depois, desenvolvemos estruturas neurais especializadas que seletivamente sintonizam os sinais de perigo.

Então, quando chega a hora de criar e ser produtivo, em vez de nos concentrarmos nos aspectos prazerosos e gratificantes da obtenção de nossos objetivos, nossos cérebros insistem na ansiedade e no medo que vem junto com a tarefa de fazer algo novo.

Entramos em modo de sobrevivência e afastamos situações potencialmente desconfortáveis. De fato, otimismo e diversão são conceitos relativamente novos para nosso cérebro, evolutivamente falando.

No entanto, existem alguns métodos extremamente fáceis que você pode fazer para tornar a produção e realização de seus sonhos serem factíveis e recompensadoras:

Incline a escala a seu favor

Siegel sugere uma maneira simples de trabalhar sua motivação: escrever uma lista dos benefícios que você terá ao concluir suas tarefas e seus projetos.

Uma simples planilha de duas colunas com os prós e contras vai trazer resultado.Saber exatamente o que você terá de ganho ajuda na sua motivação.

Visualize uma experiência de corpo inteiro

Ao escrever sua lista, realmente tente visualizar e sentir os sentimentos precisos que o atingimento de sua meta vai lhe trazer.

Se o seu objetivo é seguir uma dieta mais saudável, por exemplo, tente se enxergar como você vai se sentir a partir dos resultados. Pense em como você terá mais energia, uma pele melhor ou como você vai se proteger de doenças cardíacas.

Caminhar mentalmente através do processo de sucesso e as alegrias e benefícios que trazem pode ensinar o seu cérebro a ser motivado por algo diferente do que medo ou obrigação.

Este exercício de visualização é cientificamente comprovado para aumentar suas chances de alcançar com êxito seus objetivos. Em outro artigo, a Psychology Today (em inglês) relata que “a pesquisa revelou que as práticas mentais são quase tão eficazes quanto as práticas físicas e que fazer ambas é mais eficaz do que apenas uma delas”.

Recompense seu progresso

Você pode até pensar: “Mas eu não sou uma criança, eu não preciso ser recompensado toda vez que eu faço alguma coisa”.

No entanto, voltando ao ponto do professor Siegel, um dos aspectos mais críticos da motivação sustentável é o prazer e a alegria. Um sistema de recompensas é uma maneira fantástica de ajudar você a conseguir isso.

Se recompensar para alcançar metas não é somente uma técnica boa para nosso futuro, mas também muda a química do nosso cérebro e pode nos tornar mais motivados.

Em um estudo que comparou cérebros de pessoas motivadas com cérebros de pessoas preguiçosas, os níveis de dopamina em uma determinada área do cérebro desempenharam um grande papel na capacidade das pessoas em conseguir motivação.

Acontece que a dopamina é liberada em antecipação a uma recompensa e recompensar-se por realizações pode ajudá-lo a permanecer no rumo certo.

Escolha as recompensas certas

Só porque a motivação positiva funciona, não cometa o erro de auto sabotar suas vitórias com prêmios contraproducentes, como gastar sem limites. As recompensas não podem ser contrárias aos seus objetivos em primeiro lugar.

Lembre-se, investir em si é o maior presente que você pode dar a si mesmo. O novo “eu mereço” deve ser algo que continue a recompensá-lo por anos, ao invés de puni-lo depois que a novidade desaparece.

Comemore as pequenas vitórias

Como a maioria das pessoas no caminho para o sucesso, você provavelmente tem grandes e audaciosas metas de longo prazo que você está desejando e enfrentando. Mas, como você provavelmente sabe, essas aspirações enormes não serão realizadas da noite para o dia.

É por isso que você deve encontrar tempo para comemorar todos os dias.

Esta é uma viagem difícil e a única maneira de torná-la sustentável e suportável é se você realmente reconhecer seus pequenos sucessos ao longo do caminho.
– Frank Gruber

Ao comemorar essas pequenas vitórias, você terá uma dose diária e muito necessária de motivação.

Opt In Image
Saiba sempre quando houver um novo texto!

Assine nossa newsletter e mantenha-se atualizado com novos artigos que buscam melhorar as nossas vidas. Seu email jamais será divulgado. É prático, eficiente e seguro!