O Segredo da Felicidade Está Em 10 Simples Atitudes

segredo da felicidade

O Segredo da Felicidade Está Em 10 Simples Atitudes
Por Benjamin P. Hardy

Apesar da felicidade ser uma motivação humana primária, poucas pessoas dizem ser verdadeiramente felizes.

A verdade é que conseguimos ficar descontentes com besteiras, alterando nosso dia e nossas vidas com assuntos e tópicos que na verdade não importam para a nossa felicidade.

Se não tem WiFi no local onde estamos, reclamamos e ficamos bravos. Se o carro à frente não acelerar assim que o sinal abrir, reclamamos e buzinamos. Se a fila no banco não anda tão rápido quanto gostaríamos, reclamamos e nosso humor vai embora.

E assim estragamos um dia que poderia ser ótimo com questões que na verdade não deveriam afetar as nossas vidas. Há aspectos mais importantes do que alguns obstáculos do dia a dia.

Por que é tão fácil reclamar?

Por que nos concentramos tanto no que é negativo?

Qual o segredo da felicidade?

Na verdade temos aspectos incríveis em nossas vidas e mesmo assim ninguém está feliz.

Entretanto, a felicidade pode ser facilmente alcançada mesmo enfrentando todas as atribulações e percalços do cotidiano.

Em vez de reagir ao que está acontecendo ao nosso redor, o segredo da felicidade envolve o controle de nossas vidas e emoções. Se você está infeliz com sua vida, quem ou o que mais você pode culpar do que você mesmo? E se você pode culpar alguém ou outra coisa, como isso vai tornar sua vida melhor?

Coisas ruins acontecem com todos. Mas a vida não é sobre o que acontece com você. É sobre como você responde ao que acontece na sua vida.

O segredo da felicidade está nas 10 atitudes listadas abaixo. Se aplicadas, irão mudar a sua vida. Sendo bem claro: se você fizer essas coisas, você será uma pessoa incrivelmente feliz.

1. Não espere que tudo tenha um resultado específico

Nem tudo na vida acontece como planejamos. Há retrocessos. Há derrotas. Coisas ruins acontecem. Nós acabamos nos sabotando. Se preocupar demais e condicionar a nossa felicidade em resultados específicos leva à tristeza, dor e depressão.

Minha esposa e eu estamos tentado engravidar há quase três anos. Tem sido difícil. Tivemos que aprender a ser feliz, faça chuva ou faça sol.

Cada ser humano tem a sua jornada e sua história. Temos que aproveitar o caminho dessa jornada e fazer dela a melhor experiência possível. Olhar pra frente e seguir em frente, sem olhar para o lado e desejar a jornada do outro. A sua jornada é a sua vida, em seu tempo e com seus resultados.

Orgulhe-se da sua jornada.

2. Defina seu próprio sucesso e felicidade

Seja tudo para todos e você não será nada para si mesmo.
John Rushton

Nenhum ser humano é igual. Então, por que devemos ter um padrão de sucesso? Buscar o mesmo padrão de sucesso da sociedade é uma corrida de ratos sem fim. Sempre haverá alguém melhor do que você. Você nunca terá tempo para fazer tudo.

Em vez disso, você reconhece que cada decisão tem seu custo de oportunidade. Quando você escolhe uma coisa, você simultaneamente não escolhe várias outras coisas. E está tudo bem. Devemos definir o sucesso, a riqueza e a felicidade em nossos próprios termos.

Se não o fizermos, a sociedade fará isso por nós e sempre ficaremos para trás, levando à tristeza, inveja e decepção. Nós sempre ficaremos querendo mais. Nós sempre estaremos presos nos comparando e competindo com outras pessoas.

Nossas vidas serão uma corrida sem fim para a próxima melhor coisa do momento. Nós nunca experimentaremos contentamento.

3. Dedique-se 100% ao que te faz feliz

Nós nos convencemos de que somos capazes de quebrar nossas próprias regras pessoais de vez em quando. Em nossas mentes, podemos justificar essas pequenas escolhas. Quando elas acontecem pela primeira vez, não parecem algo que pode mudar a nossa vida. Entretanto, cada uma dessas decisões pode se transformar em algo muito maior, transformando-nos no tipo de pessoa que nunca quisemos ser.
Clayton Christensen

As pessoas são realmente boas em auto sabotagem. Nós consistentemente nos comportamos de maneiras que contradizem nossos objetivos e ideais. Isso é incongruência.

Como disse Mahatma Gandhi: “A felicidade é quando o que você pensa, o que você diz e o que você faz estão em harmonia”. Quanto menor a diferença entre o que você deve fazer e o que você realmente faz, mais feliz você será.

Portanto, Clayton Christensen diz que ter 100% de dedicação é mais fácil do que ter 98% de dedicação. Quando você se compromete totalmente com algo, a decisão foi tomada. Consequentemente, em relação ao assunto que está se dedicando, todas as decisões futuras foram tomadas.

Se você não estiver 100% dedicado, você sempre poderá ser vítima de circunstâncias externas. Ao confiar demais na força de vontade, você vai sucumbir mais vezes do que imagina. Você provavelmente acha que está fazendo melhor do que realmente poderia estar.

Mas quando você está 100% comprometido, dedicado, você não precisa mais confiar na força de vontade. A sua decisão já foi tomada independentemente das circunstâncias.

Dizer “não” a qualquer coisa fora de nossos ideais mais elevados torna-se extremamente fácil. Isso é viver proativamente mais do que reativamente.

4. Seja grato pelo que você já tem

A felicidade é tão simples quanto a gratidão. Uma pesquisa psicológica descobriu que as pessoas que praticam gratidão relatam consistentemente uma série de benefícios:

  • Física
    • Sistemas imunitários mais fortes
    • Menos incomodados por dores
    • Baixa pressão arterial
    • Mais disposição para praticar exercícios e cuidar da saúde
    • Sono melhor.
  • Psicológico
    • Níveis mais elevados de emoções positivas
    • Mais alerta e disposto
    • Mais alegria e prazer
    • Mais otimismo e felicidade.
  • Social
    • Mais útil, generoso e compassivo
    • Mais indulgente
    • Mais extrovertido
    • Sentir-se menos solitário e isolado.

Apesar destes benefícios, a maioria das pessoas se concentram desagradavelmente no que não têm. Como cultura, nos tornamos consumidores desperdiçadores e indisciplinados. Achamos sempre que a grama do vizinho é mais verde. Estamos sempre em uma busca constante de ter mais do mais novo e melhor.

Como você pode encontrar a felicidade quando você implacavelmente quer mais e nunca aprecia e agradece o que já tem?

É hora de você aprender a ser mais grato. Sua felicidade depende disso.

5. Diga mais “Eu te amo”

Isso pode soar estranho, mas se você disser a seus amigos e familiares que você os ama, eles vão ser surpreendidos. Certa vez conheci um missionário polinésio que disse a todos que ele os amava. E estava claro que ele era sincero.

Eu perguntei por que ele fazia isso. O que ele me disse mudou minha vida: “Quando eu digo às pessoas que as amo, isso não só as muda, mas me muda também. Simplesmente dizendo as palavras, sinto mais amor por essa pessoa. Eu tenho dito às pessoas ao meu redor que eu as amo. Elas se sentem valorizadas por mim”.

A escritora Harriet Beecher Stowe disse: “As lágrimas mais amargas derramadas sobre as sepulturas são palavras que não foram ditas e ações deixadas de lado”.

Como minha esposa, Lauren, diz aos nossos filhos diariamente: “O segredo da felicidade é fazer com que todos ao seu redor sejam felizes”. Você terá a satisfação de trazer alegria aos outros e sua energia positiva voltará para você.

6. Tenha hobbies que contribuam para seus sonhos

Os hobbies da maioria das pessoas são apenas passatempos. E não há problema nisso. É bom ter uma forma de fugir da realidade. Entretanto, uma pesquisa descobriu que uma pessoa pode experimentar o lazer em qualquer coisa. Seu trabalho pode tornar-se seu lazer.

Quando eu decidi para onde eu gostaria de direcionar minha vida, ou seja, a minha visão de vida, eu conscientemente escolhi hobbies que me ajudariam a chegar lá. Alguns destes passatempos incluem exercícios, leitura, escrita, manter um diário, ter conversas profundas e significativas e estar na natureza.

Estes hobbies me refrescam e rejuvenescem, simultaneamente me levando para os meus sonhos.

7. Não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje

Quando eu tinha uns treze anos e meu irmão dez, nosso pai prometeu nos levar ao circo. Mas na hora do almoço ele recebeu um telefonema: alguns negócios urgentes precisavam dele no centro da cidade. Então nós nos preparamos para a decepção. Nós o ouvimos dizer ao telefone: ‘Não, eu não vou. Isso vai ter que esperar’. Quando voltou para a mesa, nossa mãe sorriu e disse: ‘O circo poderá voltar mês que vem’. ‘Eu sei’, disse nosso pai, ‘mas a infância deles não’.
Arthur Gordon

A felicidade vem de abraçar o agora. Nada na vida é permanente. Nada na vida é para sempre.

As crianças crescem. Amigos se afastam. Nossos entes queridos se vão. Vamos viver no presente e apreciar as coisas mais importantes em nossas vidas antes que seja tarde demais.

O valor futuro do tempo é muito inferior ao valor presente. No entanto, as pessoas adiam a felicidade para algum dia no futuro. Ao fazê-lo, perdem a experiência do momento e a felicidade do agora.

Você deve encontrar alegria na sua jornada, porque não há realmente um destino. Os objetivos são meios, não fins. O progresso é eterno. O processo é tudo.

8. Faça algo que o aterroriza a cada dia

As pessoas felizes saem de sua zona de conforto. Você não pode crescer na vida se você não se desafiar. E o crescimento é uma exigência da felicidade. Se você não está crescendo, você está lentamente decaindo e morrendo.

Correr riscos faz você se sentir mais vivo e coloca você em um estado de fluxo – que é um ótimo estado consciente onde você sente e executa seu nível mais alto. Você se torna completamente absorvido pelo que está fazendo, que é pura presença.

Quando você faz coisas muito fora de sua zona de conforto, você naturalmente aumenta o seu nível consciente. Quando você faz coisas que envolvem alto risco e alta probabilidade de falha, você é forçado a pensar de forma diferente do que você normalmente faz. Você é forçado a ser criativo e inovador.

Infelizmente, a maioria das pessoas pensam pequeno, buscam o que é seguro e fácil. Os objetivos que perseguem são lógicos. Há pouco elemento de risco e pouca exigência de fé.

Você deve ter maiores riscos em sua vida. Faça coisas que o fazem se sentir vivo e ative o fluxo. Claro, com isso virá mais falhas. Mas se você não está falhando, você não está crescendo. Ao invés de experimentar apatia na vida, você vai experimentar mais de uma montanha russa de emoções.

Nunca podemos apreciar a alegria se nunca sentimos tristeza. Quanto mais dor e medo sentimos, mais podemos compreender e apreciar alegria e felicidade.

9. Coloque o que é “Importante” antes do que for “Urgente”

Stephen Covey diz que a maioria das pessoas gasta seu tempo em coisas urgentes, mas sem importância. Acordamos e verificamos imediatamente nossas notificações no celular. Assim, colocamos nossas vidas em modo reativo, em vez de proativo.

Em vez disso, pessoas felizes sempre colocam as coisas importantes em primeiro lugar. Não só importante, mas importante e não urgente. As coisas importantes incluem exercício, ler bons livros, definir metas, escrever em seu diário e passar o tempo com aqueles que você ama.

Nenhuma dessas coisas é urgente. Poderíamos facilmente colocar essas coisas para fazer amanhã, o que na verdade significa “fazer nunca”. As pessoas mais felizes e bem sucedidas do mundo passam a maior parte do tempo fazendo aquilo que é importante.

Uma das minhas coisas favoritas e não urgentes, mas importante, é minha rotina matinal. Acordo várias horas antes de começar o meu dia de trabalho. Medito e oro para me colocar em um estado de gratidão e abundância.

10. Largue o bom para perseguir o melhor

Muitas coisas na vida são boas ou mesmo ótimas. Isso não significa que devemos fazê-las. Oportunidades de uma vida surgem todos os dias. A maioria das pessoas aceitam qualquer oportunidade que está à sua frente, mesmo se esta oportunidade não estiver em alinhamento com a sua visão de vida.

Consequentemente, a vida da maioria das pessoas está se movendo em mil direções diferentes. Eles não são capazes de conscientemente avançar em uma única direção, a melhor direção.

As pessoas felizes dizem não mesmo para oportunidades incríveis. Elas não sacrificarão sua liberdade pela segurança. Eles não vão sair do trilho por causa de distrações, mesmo que estas distrações sejam atraentes e sexy.

Poucas coisas na vida são as melhores. Você só pode determinar o que é melhor para si uma vez que você saiba para onde você quer que sua vida siga. Então não foque no que é bom. Foque no que é o melhor para você.

Conclusão

Pessoas felizes vivem no presente. Elas não perdem os momentos que mais importam. Elas são incrivelmente gratas por tudo o que têm. Elas concentram suas vidas no que é importante e essencial. Elas renunciam as várias boas oportunidades para se concentrar nas poucas melhores.

Opt In Image
Saiba sempre quando houver um novo texto!

Assine nossa newsletter e mantenha-se atualizado com novos artigos que buscam melhorar as nossas vidas. Seu email jamais será divulgado. É prático, eficiente e seguro!