10 Poderosas Razões Para Você Iniciar Seu Próprio Negócio

próprio negócio

10 Poderosas Razões Para Você Iniciar Seu Próprio Negócio
Artigo escrito por Jon Westenberg

Eu conversei com 52 empresários, empreendedores e freelancers este ano como um projeto de pesquisa pessoal. Estas entrevistas provavelmente nunca serão publicadas, já que elas são uma parte desta minha jornada de aprendizagem. Mas eu perguntei a todos os entrevistados uma mesma pergunta: Qual foi a razão mais poderosa para você sair do seu trabalho e iniciar seu próprio negócio?

Abaixo estão as 10 principais razões extraídas a partir das respostas a esta pergunta tão importante e que eu adoraria compartilhar com todos vocês:

1. Porque você está muito entediado no seu trabalho atual

Esta razão surgiu muito mais do que eu imaginava.

Acontece que o tédio é um dos motivos mais frequentes que leva as pessoas a fazer grandes mudanças. Tédio leva à insatisfação e isso significa que o caminho que sua vida está tomando não é o lugar que você quer estar nem quem você quer ser.

Levar um trabalho com tédio significa que eventualmente você vai ter uma súbita explosão de energia. Uma energia poderosa.

Quantas vezes você já se pegou pensando em algo para fazer no final de semana e de repente você explode de satisfação quando começa a fazer algo que realmente te empolga?

2. Porque você sente que será eventualmente demitido

Você não tem que realmente ter certeza que será demitido, mas o sentimento existe quando estamos insatisfeitos.

O que isso realmente quer dizer é que você quer saltar antes de ser empurrado por alguém. Ou seja, você quer tomar a decisão de sair, não ser demitido. Se você sente que está nadando contra a maré, que você está caminhando em um sentido para fora do seu emprego atual, pensar em ter seu próprio negócio e seguir as suas regras é algo incrível.

Muitas pessoas dizem que não se deve tomar uma grande decisão que leve a uma perda (no caso, seu emprego), mas às vezes, na verdade, não é uma má ideia. Às vezes, você só precisa de um bom planejamento, um bom pé no chão e uma atitude de “dane-se, eu vou seguir meu sonho”.

3. Porque você está tão animado com a ideia que você nem consegue mais dormir

Esta é a razão que eu mais me identifiquei para abrir meu próprio negócio.

Esse é o sentimento que eu tive antes de começar cada projeto que eu já trabalhei, desde o meu primeiro negócio até meu mais recente.

Eu ficava deitado na cama com uma perna tremendo, inquieto, e ideias correndo em minha mente como uma corrida de Fórmula 1.

4. Porque muita gente disse que não era uma boa ideia

Surpreendentemente, dizer “dane-se” para as pessoas é uma grande razão por trás de um monte de histórias de sucesso de pessoas que abriram seu próprio negócio.

Quando os empreendedores ouvem que não podem, não devem, que é muito perigoso, que é muito arriscado, que eles não têm o que precisa, vem uma voz dentro de suas cabeças que diz para seguirem em frente de qualquer maneira e provar a estas pessoas que elas estão erradas.

Tudo bem que é a mesma voz que nos diz para tocar na tinta fresca quando a placa diz para não tocar ou quando queremos colocar a mão em um prato quente quando nossas mães dizem que não devemos…

Ou seja, é a perspectiva do prazer com o risco, da curiosidade. É algo maravilhoso que traz excelentes frutos quando fazemos funcionar com planejamento e paciência.

5. Por causa do dinheiro

Quase todas as pessoas com quem falei disseram que o dinheiro foi um fator importante no início de seu próprio negócio.

Eles queriam seguir um caminho de riqueza e poder maximizar o seu potencial de ganhos de uma forma que um emprego tradicional não poderia e não permitiria.

Poder mudar o mundo também foi um dos motivos para muitas pessoas, mas agir como se o dinheiro não importa é hipocrisia. Não podemos achar que “mudar o mundo” é uma razão pela qual as pessoas se tornam bilionárias.

6. Porque você quer ser o seu chefe

Esta é uma razão que eu costumo discordar. Totalmente. Eu acho que é o motivo errado, e aqui está o porquê.

Assim que você começar a trabalhar para si mesmo, você apenas vai ter um outro chefe, um chefe que é pior do que qualquer outro que você já teve. E o motivo é que você nunca vai conseguir ficar longe dele, das suas cobranças, da sua pressão por melhores resultados. Você será seu chefe.

Se alguém te tratasse da maneira como você se trataria como seu próprio chefe, você teria desistido.

Mas ainda assim muitas pessoas colocaram essa razão como motivo para abrir o próprio negócio.

E eu não vou negar que há ganhos muito positivos em ser seu próprio chefe. Apenas é muito mais difícil do que as pessoas acham que é.

7. Porque você quer deixar sua marca

Todos nós queremos entrar para a história, certo? Para muitas das pessoas com quem conversei, o empreendedorismo é a maneira de se conseguir isso. Eles querem mudar o mundo da mesma forma que Elon Musk, Jeff Bezos, Steve Jobs ou qualquer outro titã tem mudado. Isso é muito poderoso.

Eu mantenho minha opinião de que o dinheiro é sempre um fator de decisão ao abrir o próprio negócio. Mas eu acho que funciona melhor quando é um fator que tem um relacionamento com um desejo de mudar o mundo.

8. Por orgulho e realização pessoal

Não há nada como construir ou realizar algo para se sentir orgulhoso de quem você é e o que você pode fazer. Eu fiz um monte de trabalho corporativo, um monte de porcaria para as grandes empresas, e posso dizer que eu não sinto que eu estava realizando qualquer coisa, porque eu não sentia orgulho do que eu tinha construído.

Iniciar seu próprio negócio é uma maneira de alcançar esse nível de orgulho e realização pessoal e é um fator que levou muitos empresários que eu conheço a se tornarem empreendedores maravilhosos.

9. Frustração com as carreiras tradicionais

Quando eu consegui meu primeiro emprego em tempo integral – depois que minha primeira empresa já tinha fechado – eu vesti um belo terno e entrei em um escritório e instantaneamente percebi que não gostava da nada que fazia ou iria fazer ali.

Jurei que não iria seguir um caminho de carreira tradicional naquele instante. O caminho tradicional não é projetado para quem somos hoje, como somos hoje. O caminho tradicional quer que você seja leal às empresas que já não tem qualquer lealdade aos seus empregados, para então subir uma escada onde o destino final é a aposentadoria. Não quero isso pra mim.

Eu – e muitas das pessoas com quem conversei – queremos existir e nos desenvolver fora dessa carreira tradicional, porque reconhecemos que ela não irá nos satisfazer e não nos fará felizes a longo prazo.

10. O desejo de ter novos desafios

A estagnação é o inimigo da felicidade.

Evitar a mesmice, o marasmo, a monotonia e todos os outros sinônimos de estagnação pode ser tão fácil como procurar e estabelecer novos desafios que vão ajudá-lo e forçá-lo a expandir sua mente e expandir suas habilidades.

Planejar, estudar, ter o pé no chão e então começar um próprio negócio é uma maneira certa para alcançar tudo isso.

Opt In Image
Saiba sempre quando houver um novo texto!

Assine nossa newsletter e mantenha-se atualizado com novos artigos que buscam melhorar as nossas vidas. Seu email jamais será divulgado. É prático, eficiente e seguro!