Mude Sua Vida Para Melhor: Pare de Consumir e Comece a Produzir

Mude sua vida
Foto por Juliette Leufke no Unsplash

Mude Sua Vida Para Melhor: Pare de Consumir e Comece a Produzir
Artigo escrito por Josh Fechter.

Depois de um ano de aprendizado difícil, de lições duras como empreendedor, eu perdi minha empresa.

Então, aceitei um emprego como vice-presidente de marketing para uma pequena startup. Seis meses depois, eu estava desempregado.

Ninguém mais queria me contratar. Depois de três meses de inúmeras rejeições de recrutadores e empresas, eu estava quebrado financeiramente.

Tive que me mudar para o pequeno apartamento do meu pai. Sem espaço suficiente, tivemos que dormir no mesmo quarto. Ele dormiu no chão. Eu dormi em um colchão de ar.

Eu estava mentalmente exausto do fracasso atrás de fracasso. Aceitei um trabalho de redator que pagava bem baixo para passar o tempo e tentar juntar algum dinheiro.

Parei de conversar com muitos amigos e me isolei do mundo para me concentrar em melhorar como pessoa e profissional.

Durante esse tempo, li vinte livros sobre negócios, psicologia e marketing. Quando parei de ler, notei algo.
Minha vida não mudou.

Embora eu me sentisse mais inteligente, mais criativo e mais capaz, eu simplesmente estava no mesmo lugar.

Eu não tinha tomado nenhuma ação para conseguir um emprego melhor, ganhar mais dinheiro ou criar algo de valor para os outros.

Foi aí que comecei a entender o poder de produzir mais, de me tornar um fazedor. E nos próximos dois anos, eu otimizei a minha vida para agir.

Comecei substituindo as minhas atividades de consumo pelas atividades de criação. Deixar de simplesmente consumir para efetivamente produzir e criar:

  • Escrever ao invés de ler.
  • Gravar vídeos ao invés de somente navegar no YouTube.
  • Conhecer pessoas ao invés de gastar tempo no Facebook.

O que aconteceu depois disso?

Ao invés de ler mais de cem livros no ano seguinte, eu escrevi mais de trezentos posts e um livro inteiro.

Em vez de assistir vídeos do YouTube, gravei mais de trezentos vídeos nos dois anos seguintes.

Ao invés de gastar dinheiro em uma academia, me exercitei com o que eu tinha. Hoje, eu sou um triatleta e faço corrida de obstáculos.

Para me tornar um fazedor, tive que substituir todos os meus hábitos de consumo pelos hábitos de criação. Isso significou colocar de lado minha TV, meu videogame e o Netflix.

No começo é difícil. Você se sente derrotado. Às vezes você fica na frente do seu computador por meia hora apenas tentando digitar uma frase. Nada sai, exceto algumas palavras e muita frustração.

Mas você deve continuar seguindo em frente, porque isso irá melhorar. E comigo melhorou.

Aos poucos você adota a mentalidade do criador. As ideias começam a pipocar na sua cabeça. Ao criar mais, você se torna uma máquina de ideias. Ao ponto de que a única maneira de dormir à noite é anotar seus pensamentos.

E isso é muito bom.

Então você fica ansioso para voltar a produzir para tirar essas ideias do papel. Quando você acorda, você sente uma nova sacudida de energia porque está prestes a contribuir com o mundo.

De manhã até à noite, você segue produzindo quase sem parar. Você consegue sentar em frente ao seu computador e escrever um post de 1000 palavras em 1 hora. Você começa a perceber as oportunidades em cada hora e em cada minuto.

Então as pessoas começam a reconhecer sua habilidade como fazedor.

Eles enxergam a verdade. Você está confiante de que pode enfrentar qualquer situação e criar valor porque todas as suas ações dizem justamente isso.

Então você não é mais um simples consumidor.

Você é um executor nato. Um fazedor. E nada na vida vai impedi-lo. Mude sua vida.

Opt In Image
Saiba sempre quando houver um novo texto!

Assine nossa newsletter e mantenha-se atualizado com novos artigos que buscam melhorar as nossas vidas. Seu email jamais será divulgado. É prático, eficiente e seguro!