Envelhecer: 4 Lições Poderosas Sobre Crescer e Se Encontrar

Envelhecer

Envelhecer: 4 Lições Poderosas Sobre Crescer e Se Encontrar
Artigo escrito por Christopher Connors

Todos nós adoramos relembrar as coisas. Isso faz parte da vida. E enquanto seguimos avançando, a arte de envelhecer, percebemos o quão importante é olhar para trás com sorriso e felicidade das grandes bençãos que tivemos em nossas vidas.

Nós somos definidos pelo que aprendemos e pelas pessoas que nos ajudaram a moldar quem somos hoje. O produto de quem nos tornamos é uma poderosa soma de maturidade e lições aprendidas.

Ao longo da minha vida, tive grandes marcos, falhas espetaculares, alguns momentos maios ou menos e algumas pequenas vitórias. Quanto mais velho eu fiquei, mais eu me utilizei de pausas para apreciar cada momento da vida pelo que ela é. E isto é envelhecer com sabedoria.

Eu procuro observar tudo o que eu aprendi e como eu posso melhorar em meus relacionamentos, meu desempenho como pessoa e na minha vida como um todo.

Eu sempre procuro desenvolver minha inteligência emocional e conhecer novas pessoas com as quais posso aprender. Eu fico cansado das mesmas ideias de sempre. Talvez você saiba exatamente o que quero dizer com isso. Devemos constantemente nos esforçar a crescer, desafiar velhos conceitos e encontrar novas oportunidades inovadoras que abrem nossas mentes e trazem alegria para nossos corações.

Eu quero continuar me tornando um escritor melhor, eu sempre quero amar minha família e amigos com todo meu coração e quero tocar a vida das pessoas de forma positiva. É assim que quero envelhecer.

E você? Pelo que você está se esforçando? Espero que você possa concordar que as lições que aprendemos ao longo do caminho deixam marcas em nossas almas. Elas nos tocam e nos desafiam a nos tornarmos melhores pessoas.

Eu senti essas quatro lições poderosas que descreverei abaixo e que eu sei que podem ter alguma aplicação em sua vida. Você pode se identificar em várias partes deste texto. Crescer não é sobre envelhecer e ter menos diversão ou ser menos divertido. É sobre ficar mais sábio, mais inteligente, mais feliz e mais influente em nossos pensamentos e ações. Aproveite-se desta lista!

. . .

1. Você não pode se tornar a pessoa que você achou que seria quando era criança. E isso é ótimo!

Minha esposa só me perguntou há dois dias o que eu sonhava em ser quando era criança. A verdade era que meu sonho era jogar basquete profissionalmente. E não era algo que eu pensava de vez em quando. Eu pensava nisso o tempo todo!

É claro que esse sonho não se tornou realidade.

Enquanto eu era um sonhador, não tinha metas e planos claros que estivessem além da quadra de basquete. Eu coloquei toda a minha energia e esforço para me tornar o melhor jogador de basquete que eu poderia ser. Sonhei que isso valeria a pena. Depois de me formar no ensino médio, eu não dei a devida atenção à minha carreira atlética na faculdade.

Eu parei de jogar antes mesmo de me formar.

Na época, senti como se uma bomba tivesse explodido debaixo de mim. Por muito tempo eu senti que estava em ruínas por causa do profundo apego que eu tinha cultivado e criado com o basquete. Comecei a me questionar e a me criticar. “Por que não fiz mais?”. “Por que as coisas não deram certo?”. Talvez você já tenha sentido isso com algo em sua própria vida.

Quando comecei a fazer um verdadeiro exercício de auto reflexão alguns anos atrás, cheguei à conclusão de que eu realmente não tinha me esforçado o suficiente quando era mais novo. No começo eu fiquei com vergonha de mim mesmo. Eu então procurei corrigir as coisas correndo atrás das minhas paixões e colocando tudo de mim para garantir que eu nunca desistiria enquanto houvesse possibilidade.

Eu determinei que eu NUNCA daria menos do que o meu melhor SEMPRE. Dar o meu melhor em todas as situações é provavelmente a lição e o aprendizado que eu mais me orgulho.

Uma das coisas que eu planejei e corri atrás foi o objetivo de me tornar um treinador de basquete para crianças. E eu alcancei esse objetivo. É por isso que eu talvez seja o maior porta-voz do ditado “O que você fala sobre sua vida se torna sua realidade.” Ninguém jamais me convencerá de que isso não é verdade.

Toda as vezes que eu segui com firmeza e dedicação, as coisas funcionaram a meu favor.

Ser treinador de basquete tornou-se uma das decisões mais inteligentes que já fiz. É uma parte enorme do meu DNA. E digo isso porque o basquete estava no meu sangue desde muito jovem. Como concentrei minha energia em jogar durante meus anos de juventude, me sinto mais preparado para treinar e ensinar o jogo aos jovens de hoje.

Mas tenha em mente que não se trata somente de aprender, praticar e adquirir a habilidade de jogar basquete e ensiná-la. Trata-se de aprender sobre inteligência emocional, competição, planejamento, estratégia, táticas e muito mais. Isso foi o que me moldou no homem que sou hoje e influenciou a estrutura de valores que se tornou uma parte gigantesca da minha vida. Este foi o processo que escolhi para envelhecer bem.

. . .

2. Não tenha medo de repetir o passado às vezes, desde que você não se prenda ao passado.

Você nunca poderá reviver um momento que passou, mas você pode repetir emoções e sentimentos do seu passado colocando-se no mesmo ambiente, com as mesmas pessoas e compartilhando algumas boas risadas e histórias. E não há nada de errado com isso… desde que você não se apegue a isso.

Se você continuar seguindo em frente, dentro do seu processo de envelhecer, relembrar um ótimo período do seu crescimento (seu passado) é altamente encorajado e poderá te fazer muito bem.

Isso faz você feliz. Isso permite que você aprenda. Isso o coloca em um lugar e em um estado de espírito que influenciam positivamente seus pensamentos, trazendo boas lembranças e ajudando você a entender seu momento atual.

Lembro de dizer enquanto estava nos últimos meses do meu ensino médio: “Como quero ir à faculdade e sair deste lugar”. Parte do motivo foi o fato de eu ter dois irmãos mais velhos que já tinham terminado a faculdade. Eu os visitei várias vezes durante seus anos universitários e sempre tive ótimos momentos. Eu estava entusiasmado com a ideia de mudar.

Eu sempre abracei a mudança, mesmo quando não tinha ideia de tudo que isso envolvia.

No entanto, durante a primeira semana do meu primeiro ano de faculdade, encontrei minha primeira adversidade. Eu não tinha como saber o que era estar longe da minha família por um longo e prolongado período de tempo. Eu realmente só tinha estado longe da minha família no máximo por 10 dias para um campeonato de basquete.

Enquanto eu estava sentado lendo na minha cama, ouvindo meu CD do U2, meu companheiro de quarto da faculdade, que se tornou meu melhor amigo da faculdade, tentou me ajudar com a minha saudade. Ele continua sendo um dos meus amigos mais próximos até hoje. Rob me mostrou empatia e inteligência emocional que foi bem além dos anos da faculdade.

Ele me fez perceber que, apesar da dor da saudade, eu não tinha que me apressar a voltar para casa. Que se eu continuasse com foco em todas as coisas promissoras que me aguardavam no futuro, tudo ficaria bem. E é claro que ele estava certo.

É uma das melhores lições de vida que eu já aprendi. Naquele momento de dor pela saudade, eu estava focando somente no passado. E era hora de seguir em frente. Mas de vez em quando, mesmo por um momento breve, é bom lembrar os bons dias de antes. Isto fará o teu inevitável processo de envelhecer ser muito mais saboroso.

. . .

3. Tenha orgulho da pessoa que você é, mesmo que ainda tenha momentos de dúvida. Aceite-se.

Não importa o quanto você duvide de decisões ou ações passadas que você tomou, dê-se o benefício da dúvida. Respire e perceba que as coisas aconteceram por algum motivo. De todas as coisas que aprendi no meu processo de envelhecer, a ACEITAÇÃO é provavelmente a lição mais valiosa de todas.

Eu aceito meu passado. Aceito o que aconteceu e está no passado. Naturalmente, a aceitação é particularmente focada neste caso: equívocos, falhas, erros e infortúnios. É fácil aceitar a vitória. É fácil aceitar ser o melhor em algo e receber parabéns por isso de todos. É fácil aceitar os frutos do seu sucesso.

É difícil aceitar falhas. É difícil aceitar os erros.

Quando ocorre uma falha, podemos transformar essa adversidade em algo que aprendemos e melhoramos ou podemos deixá-la entrar e dominar nossas mentes, conscientes e subconscientes, influenciando nossos pensamentos e nos arruinando lentamente enquanto nos corrói. A aceitação é uma mentalidade, um modo de vida. E a aceitação não tem a ver em ser conivente ou condizente com a falha. Muito pelo contrário.

A aceitação significa entender, processar e seguir em frente de um evento passado, aprendendo com ele e vivendo com uma mentalidade habilitada para qualquer outro obstáculo ou dia difícil que venha à nossa frente.

A aceitação é praticada pelas pessoas mais mentalmente fortes e emocionalmente inteligentes que conheço. Isso muda sua vida e colore seus pensamentos de forma mais positiva para que você tenha maior paz de espírito e clareza de pensamento.

É por isso que o arrependimento nunca é uma opção para mim. Peguei o arrependimento de não ter dado o melhor de mim e o converti em um espírito indomável que alimenta o fogo e a fome dentro de mim todos os dias.

. . .

4. Não se preocupe demais com os erros ou as coisas tolas que você fez. Ria deles e perceba que a vida nem sempre é um “trabalho de reparo” de tudo o que você fez de errado.

Quando eu era mais jovem, fiz algumas coisas estúpidas. O fato é que meus amigos e eu às vezes éramos idiotas. Nós éramos incrivelmente imaturos, pensávamos que éramos engraçados e que tudo o que fazíamos fazia parte da nossa vida naquela realidade.

Eu sou a pessoa que sou por causa das experiências que vivi. Não vivo com arrependimentos. Aprendi de erros e falhas, mas estou completamente em paz com tudo o que veio, aconteceu e foi embora na minha vida. Tudo o que me fez sorrir. Tudo o que me fez sofrer. Eu sou a experiência de ter vivido todas elas.

A conclusão é que aprender sobre o nosso passado, dar sentido às nossas experiências, boas e más, nos oferece um tesouro de conhecimento, sabedoria e percepção que nos guiará ao longo de nossas vidas. Continue amadurecendo, continue crescendo e não se esqueça de rir às vezes. A vida é mais divertida assim.

Valorize-se!

. . .

Opt In Image
Saiba sempre quando houver um novo texto!

Assine nossa newsletter e mantenha-se atualizado com novos artigos que buscam melhorar as nossas vidas. Seu email jamais será divulgado. É prático, eficiente e seguro!