nunca é tarde demais
Foto por Church of the King no Unsplash

9 coisas que nunca é tarde demais para começar a fazer por si mesmo

9 coisas que nunca é tarde demais para começar a fazer por si mesmo
Mais um excelente texto escrito por Marc & Angel

No momento, não se julgue ou se repreenda pelo tempo que as coisas demoram ou não para acontecer com você. Todos nós temos nosso próprio tempo para percorrer nossa própria distância. Todos nós temos nossa própria jornada. E cada passo é importante e necessário.

Algumas pessoas começam suas carreiras logo após a faculdade, aos vinte e poucos anos, apenas para se sentirem cansadas e recomeçarem quando chegam aos trinta e poucos anos. Outros começam a trabalhar com salário mínimo logo após o ensino médio e sobem a escada corporativa, aposentando-se alegremente em meados dos sessenta anos.

Algumas pessoas se apaixonam e se casam com vinte e poucos anos, mas acabam se divorciando alguns anos depois. Outros se casam com quarenta e poucos anos e passam quatro décadas com sua alma gêmea. Alguns casais são ridicularizados por se tornarem pais adolescentes, mas acabam vivendo para conhecer os filhos de seus filhos. Outros casais engravidam aos quarenta e poucos anos e são ridicularizados por colocar seus filhos ainda não nascidos em risco.

Novamente, a jornada de cada um é diferente. E todo mundo está vivendo da maneira certa. Da forma que deveria ser.

Então, lembre-se agora: não há verdades absolutas na vida.

E certamente não há cronogramas padrões.

E NUNCA É TARDE DEMAIS para tirar o melhor proveito das coisas!

Você está exatamente onde precisa estar agora.

E isso significa que:

1. Nunca é tarde demais para começar a fazer as coisas difíceis que você precisa fazer para ser mais feliz.

Todas as grandes conquistas exigem tempo e trabalho duro. As coisas boas não são fáceis. E a prática consistente é a única maneira de você suportar os períodos difíceis.

Quando queremos que as coisas sejam fáceis, e esperamos que sejam, estamos inevitavelmente desapontados. Nossa decepção nos motiva a desistir cedo demais. E o lance de desistir cedo demais é que você nunca sabe como poderia ter sido. Você nunca sabe se poderia ter se esforçado e feito algo incrível com sua vida.

Encontre a coragem para fazer as coisas difíceis da vida. As coisas que ninguém mais está fazendo. As coisas que te assustam. As coisas que os outros não podem fazer por você. As coisas que fazem você questionar quanto tempo você pode aguentar e avançar. Porque essas são as coisas que o definem. Essas são as coisas que fazem a diferença entre existir e viver, entre conhecer o caminho e trilhar o caminho, entre uma vida de mediocridade e uma vida cheia de felicidade e sucesso.

Sim, encontre coragem!

E lembre-se: a coragem nem sempre ruge em voz alta. Às vezes, a coragem é simplesmente a voz quieta no final da noite, sussurrando “Tentarei novamente amanhã“.

2. Nunca é tarde demais para ser iniciante.

Somos produtos do que sabemos, mas não precisamos ser prisioneiros disso. Quando você para de aprender, para de viver uma vida significativa. A riqueza da vida nem sempre vem de um território familiar e confortável. É quando você se afasta do familiar que fica mais forte e mais capaz.

Você deve se apegar firmemente aos seus valores centrais e, ao mesmo tempo, abrir seu coração e mente para novas idéias, sentimentos e experiências. Sua própria perspectiva se tornará mais clara quando você observar as coisas de diferentes ângulos. Encontre maneiras de oferecer um desafio saudável ao seu entendimento atual da vida e você descobrirá e experimentará muito mais da magia da vida nos próximos dias.

3. Nunca é tarde demais para parar de se comparar com os outros.

Deixe de lado a necessidade boba de se comparar com os outros e você será livre para realizar o que mais importa para você. Às vezes, você precisa se lembrar de que nem sempre precisa ser e fazer o que todo mundo está sendo e fazendo.

Se você competir com os outros, ficará amargo. Mas se você competir com uma versão anterior de si mesmo, ficará melhor. É simples assim. Você não está competindo com ninguém, exceto você mesmo. Então planeje-se para superar o seu passado, não as outras pessoas.

E lembre-se de que, quando você não está competindo com os outros, pode trabalhar com eles em um objetivo comum. Você pode usar suas idéias e talentos combinados para alcançar o que nenhum de vocês pode sozinho. O crescimento e a aprendizagem pessoal incríveis ocorrem através dos relacionamentos quando o espírito competitivo é substituído por um espírito colaborativo.

4. Nunca é tarde demais para se aceitar.

Não preciso da afeição ou aprovação de ninguém para ser bom o suficiente aos meus próprios olhos.

Repita isso para si mesmo e deixe isso ser seu mantra.

Ninguém pode validar você a não ser você mesmo. De fato, quando alguém o rejeita, abandona ou julga, 99% das vezes não é sobre você. É sobre eles mesmos e suas próprias inseguranças, limitações e necessidades, e você não precisa internalizar nada disso.

Seu valor não depende da aceitação de você por outras pessoas – é algo inerente. Você está vivo e, portanto, é importante. Você tem permissão para pensar e sentir coisas. Você tem permissão para afirmar suas necessidades e ocupar espaço. Você pode se apegar à verdade de que você é digno. E você pode criar uma distância saudável de quem insiste em fazer você se sentir diferente.

5. Nunca é tarde demais para deixar de achar que tudo é pessoal.

Os péssimos motoristas no trânsito. O seu amigo que nunca responde sua mensagem. Seu colega de trabalho que foi almoçar sem você. Todos podem encontrar um motivo para se ofender todos os dias. Mas o que fez você ficar ofendido? Você levou as coisas para o lado pessoal e tornou isso um drama. Você fez a situação ser sobre você, atribuindo uma intenção negativa a essas ações comuns do dia a dia. E você deixa seu temperamento dominar.

Não faça isso consigo mesmo. Não finja que as ações de todos são sobre você. Elas não são. As ações das pessoas são sobre elas mesmas.

Como sua vida seria diferente se você se afastasse de drama, fofocas e suposições não-construtivas?

Deixe hoje ser o dia que você vai descobrir.

6. Nunca é tarde demais para se tornar sua prioridade diária.

A vida fica muito mais fácil quando você é seu melhor amigo. Portanto, não se esqueça de você lá fora, e não seja muito duro consigo mesmo. Existem muitos outros que farão essas duas coisas por você.

Lembre-se, não há absolutamente nada de egoísta no autocuidado. Se você não cuida bem de si mesmo, não pode cuidar bem de mais ninguém. Porque não podemos dar o que não temos. Trate-se bem e você dará vida aos outros.

7. Nunca é tarde demais para sentir o calor e a alegria de ajudar os outros.

Uma vez que seu autocuidado está em ordem, não há exercício melhor para seu coração e mente do que estender a mão e ajudar as pessoas.

Verdadeiramente, a generosidade não é apenas para ajudar os outros, é também para libertá-lo. É o que impede as coisas que você possui de possuir você. É por isso que você não pode viver em abundância até ter feito algo de bom para alguém que nunca pode ser retribuído. Medite sobre isso e viva com gratidão hoje.

8. Nunca é tarde demais para parar de pensar e pensar e pensar demais em tudo.

Às vezes, sua mente luta desnecessariamente com eventos que nem são remotamente prováveis. Sua dor de garganta é fatal. Sua carteira de motorista perdida caiu nas mãos de um criminoso que tentava roubar sua identidade. Negatividade como essa gera apenas mais negatividade. É uma corrente de infelicidade.

Pare de pensar demais em todos os dilemas. As respostas vêm a uma mente relaxada. O espaço permite que as coisas se encaixem. Uma atitude calma produz os melhores resultados.

Quando seus medos e ansiedades fazem você olhar profundamente para as coisas, isso cria problemas ao invés de os corrigir. Se você pensa e pensa e pensa, você se sentirá sem felicidade uma dúzia de vezes.

9. Nunca é tarde demais para abraçar sinceramente a vida que você está vivendo atualmente.

Antes que você possa realmente viver hoje, uma parte de você precisa morrer primeiro. Você tem que deixar ir e enterrar o que poderia ter sido, como você deveria ter respondido e o que você gostaria de ter feito de maneira diferente. Você precisa aceitar que não pode mudar uma experiência passada, opiniões de outras pessoas naquele momento ou resultados de suas escolhas.

Quando você finalmente aceitar esta verdade, finalmente entenderá o verdadeiro significado de perdoar a si mesmo e aos outros. A partir deste ponto, você estará finalmente presente e livre.

Lembre-se, você já passou por muita coisa, mas também cresceu muito. Dê a si mesmo crédito por sua resiliência e dê um passo à frente novamente hoje com graça e determinação.

Se você está lutando com alguma dessas questões, saiba que não está sozinho. Muitos de nós estão lá com você, trabalhando duro para se sentir melhor, pensar com mais clareza e viver uma vida livre de vícios.

O importante é saber que nunca é tarde demais para dar um passo na direção certa. Nunca é tarde demais para se libertar e se tornar a pessoa que você é capaz de ser!

 

Assine nossa Newsletter

Assine a nossa newsletter e faça parte dos nossos 988 assinantes. É prático, gratuito e seguro! Jamais compartilharemos seus dados : )